Setor público

Setor Público

853 municípios. E um Banco parceiro de cada um deles.

No BDMG, você, gestor público, recebe atendimento personalizado em todas as etapas do seu projeto de investimento. Uma equipe especializada orienta as administrações municipais nas operações de financiamento.

São três formas de atuação do BDMG junto ao setor público.

  • Assessoria técnica ao Estado e aos municípios na estruturação de concessões e Parcerias Público-Privadas – PPPs.
  • Financiamento a concessionárias de serviços públicos municipais.
  • Financiamento direto a municípios, viabilizando grandes projetos de investimentos em infraestrutura econômica e social.

 

 

PMAThttp://www.bdmg.mg.gov.br/Negocios/Lists/ProdutosSetorPublico/DispForm.aspx?ID=6PMATEficiência: sua cidade precisa, o BDMG financia.Até 96 meses,incluindo 24 meses de carência.<div class="ExternalClassF0B9EA3D9A3A432FBAFD09A28FDB505B"><p></p><div><strong>Programa de Modernização da Administração Tributária e de Gestão dos Setores Sociais Básicos Automático – PMAT</strong><br></div><div><br></div><div>Finalidade: Apoiar projetos de investimentos voltados à melhoria da eficiência, qualidade e transparência da gestão pública, visando à modernização da administração tributária e melhoria da qualidade do gasto público, proporcionando aos municípios uma gestão eficiente de recursos, em especial por meio do aumento das receitas e da redução do custo unitário dos serviços com administração geral, saúde e educação.</div><div><br></div><div>Itens Financiáveis: são passíveis de financiamento os itens a seguir relacionados, não isoladamente, e desde que associados aos empreendimentos apoiáveis:</div><div><br></div><div><ul><li>Obras civis, montagem e instalações;<br></li><li>Máquinas e equipamentos novos, aí incluídos os conjuntos e sistemas industriais, produzidos no País e constantes do Credenciamento de Fabricantes Informatizado (CFI) do BNDES, incluídos:<br></li><li>Equipamentos de informática: microcomputadores, estabilizadores, nobreaks, impressoras, roteadores, scanners, hubs, switchs, thin clients, projetor multimídia, servidores, notebooks, antenas de rádio transmissão, estações rádio base;<br></li><li>Equipamentos de apoio à operação e à fiscalização: rádio-comunicadores, leitoras de cartão, totens de atendimento; e<br></li><li>Bens de informática e automação, abarcados pela Lei nº 8.248 (Lei de Informática), de 23.10.1991, que cumpram o Processo Produtivo Básico (PPB) e possuam tecnologia nacional na forma da Portaria nº 950, de 12.12.2006, do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), ou da que venha a substituí-la.<br></li><li>Móveis e utensílios;<br></li><li>Softwares nacionais, passíveis de apoio no âmbito do Subprograma BNDES Prosoft – Comercialização do Programa BNDES para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação – BNDES Prosoft, incluindo customização;<br></li><li>Motocicletas de até 300 (trezentas) cilindradas e automóveis de passeio com motorização de até 1.0, desde que exclusivamente voltados para atividades de fiscalização da área de administração tributária, em quantidade total limitada a 25% (vinte e cinco por cento) do número de servidores públicos efetivos que, comprovadamente, exerçam a função de fiscal, observado o disposto no item 8.5, e valor total limitado a 10% (dez por cento) do valor total do financiamento;<br></li><li>Capacitação Técnica e Gerencial de servidores públicos efetivos da Beneficiária, limitada a 25% (vinte e cinco por cento) do valor total do financiamento;<br></li><li>Gastos com Qualidade e Produtividade, Pesquisa e Desenvolvimento, Estudos e Projetos de engenharia relacionados ao investimento, limitados a 20% (vinte por cento) do valor total do financiamento;<br></li><li>Gastos com Atualização de Cadastros e Tecnologia da Informação, limitados a 35% (trinta e cinco por cento) do valor total do financiamento.<br></li></ul></div><div>Beneficiárias:Municípios brasileiros com até 150.000 (cento e cinquenta mil) habitantes. </div><div><br></div><div>Para solicitar recursos do PMAT, o Município deve enviar o Projeto para  análise com dados para contato (e-mail e telefone). O BDMG irá enviar, por  e-mail, uma lista de documentos necessários para o processo, que conta os  seguintes passos:</div><div><ul><li>Análise do BNDES;<br></li><li>Envio da documentação para a Secretaria do Tesouro Nacional  (STN);<br></li><li>Validação pelo BNDES;Autorização da licitação;<br></li><li>Contratação do financiamento;Liberação do recurso de acordo com o cronograma.<br></li></ul></div><div><br></div><div>As informações estão sujeitas a alterações.​</div></div>

  1. Nome *
  2. E-mail *
  3. Telefone *
  4. Município *
  1. Cargo na Prefeitura
  2. Qual é a Solução Financeira de Interesse?
  3. MENSAGEM
 
 

​fale com o bdmg

(31) 3219-8000​

segunda a sexta, das 09:00 as 18:00